Casa dos Outros: apartamento Renata Piazzalunga, arquiteta, pesquisadora e co-fundadora do Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação. Fotos Manu Oristanio.

“Morar é se envolver de maneira afetiva com o espaço e cercar-se de objetos que signifiquem e se identifiquem com quem você é.“ Renata Piazzalunga. O projeto do apartamento resultou de uma parceria de Renata com o arquiteto Frederico Zanelato. Esse apartamento em pleno centro da Capital Paulistana, ganhou espaços amplos, iluminados e integrados. ”Morar no centro de São Paulo sempre foi um desejo, pois desde pequena sou apaixonada pelos centros urbanos. Gosto de me relacionar com os espaços da cidade onde é possível sentir mais fortemente o seu pulsar. O que mais gosto é que meu apartamento é uma extensão de mim. Consigo externar no espaço que habito algumas coisas que fazem parte da minha essência, como por exemplo, meu envolvimento com atividades de valorização e resgate da identidade brasileira através do artesanato. No Brasil existem artesãos que estão muito próximos da fronteira com a arte, são artistas populares e suas obras dão autenticidade ao espaços urbanos e as metrópoles. Ao trabalhar e morar no centro, tenho o privilégio de não enfrentar transito e faço muita coisa à pé.”

Por que a Casa da Renata Piazzalunga é Casa dos Outros? Porque é urbana, contemporânea e abriga nossa arte popular.

www.ipti.org.br

renata@ipti.org. br

Rede e almofadas: Projeto Fusões e Inserções, design Nada se Leva

Luminária de Dende: Artesãos Santa Luzia do Intanhy SE, projeto cultura em Foco, design Kelley White.

Manta de fuxico: Artesãos de Santa Luzia do Intanhy SE, projeto cultura em foco, design Nada Se Leva.

Casa dos Outros: Renata Piazzalunga apartment, architect, researcher and co-founder of the Institute for Research in Technology and Innovation. Photographies Manu Oristanio. 

“Living is an affective way to engage with the space and surround yourself with objects that signify and identify with who you are.” Renata Piazzalunga. The design of the apartment resulted from a partnership with architect Frederico Zanelato. This apartment in the heart of the Capital Paulistana won spacious, iluminated and integrated spaces. “Living in downtown of São Paulo has always been a desire, because since child I’m passionate about urban centers. I like to be related to the spaces of the city where you can strongly feel its pulse. What I most like in my apartment is that it’s an extension of me. I can express in the space that I inhabit some things that are part of my essence, for example, my involvement with the rescue and recovery activities of Brazilian identity through crafts. In Brazil there are craftsmen who are very close to the border with art, they are popular artists and their works give authenticity to the urban areas and cities. To work and live in the center, I have the privilege of not facing traffic and do many things walking.”

Why is the apartment of Renata Piazzalunga’s Casa dos Outros? Why is urban, contemporary and house our folk art.

www.ipti.org.br

renata@ipti.org. br

Net and pads: Project Mergers and Inserts, design Nada se Leva 

Lamp Dende: Artisans of the Santa Lucia Intanhy SE, project culture in Focus, design Kelley White. 

Blanket gossip: Artisans of the Santa Lucia Intanhy SE, project culture in focus, design Nada se Leva.

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

Notify of
avatar
wpDiscuz